Acorde! E atenda ao chamado do Rage Against The Machine

Capitalismo, Matrix e Wikileaks no mesmo rolê

Foto: Christie Goodwin/Getty Images
Gostou? Compartilhe:

Em “Wake Up”, o Rage Against The Machine convoca você a abrir os olhos para as manipulações de governos, empresários e poderosos em geral. A mensagem é direta: eles querem nos dominar e nós precisamos acordar!

Na faixa, o RATM denuncia o controle do sistema capitalista sobre nossas vidas, a perseguição aos movimentos de resistência e chega a colocar na conta do governo norte-americano os assassinatos de Marthin Luther King e Malcom X.

Mas a crítica não para na gravação. Por anos, as perfomances ao vivo da canção costumavam vir acompanhadas de discursos anticapitalistas improvisados.

O alvo preferido das críticas sempre foi o governo dos Estados Unidos e a Guerra no Iraque, mas Zack de la Rocha já aproveitou exibições de “Wake Up” para questionar a atuação das multinacionais, a globalização e as manipulações da mídia, especialmente a Fox News.

Não foi à toa que a música, lançada no primeiro disco do RATM, em 1992, foi escolhida para encerrar “Matrix”.  Na última cena do filme, Neo, o personagem icônico interpretado por Keanu Reeves, já é capaz de enxergar o código secreto das máquinas e anuncia guerra contra a opressão aos humanos.Se não dá pra ganhar do sistema ainda é possível fiscalizar. E essa é uma das propostas do Wikileaks, que você conhece melhor aí embaixo.

Wikileaks

 O WikiLeaks é uma ONG sediada na Suécia que ajuda a divulgar para o mundo informações sobre assuntos sensíveis. O WikiLeaks já publicou enormes quantidades de documentos confidenciais de governos ao redor do mundo, incluindo o Brasil.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...