Beastie Boys

O trio de hip hop que implodiu todas as barreiras

Foto: Wikimedia Commons
Gostou? Compartilhe:

O Punk Rock foi o ponto de partida para uma das mais importantes bandas de hip hop do mundo. Na década de 1980, três jovens nova iorquinos fanfarrões se uniram para criar o Beastie Boys e revolucionar a música para sempre!

O significado de “Beastie” – sigla para “Garotos que entram em estado de anarquia para alcançar a excelência interior”, na tradução para o português – já mostra a pegada irreverente da trupe.  Mas não demorou muito para o mundo descobrir que as criações de Michael Diamond (Mike D), Adam Yauch (MCA) e Adam Horovitz (Ad-rock) eram uma brincadeira muito séria.

Fazendo o melhor uso do até então pouco difundido sampler, os caras do Beastie Boys romperam barreiras estilísticas e criaram uma salada musical que reuniu soul, funk, jazz, punk, rock e muita irreverência numa panela só, abrindo caminhos e inspirando o som de bandas tão distintas quanto Korn e Nação Zumbi. Um legado musical que continua inovador décadas depois.O sucesso chegou logo no primeiro álbum da banda. Após uma curta trajetória no circuito alternativo de Punk Rock, eles abraçaram o hip hop e ganharam certa notoriedade, a ponto de abrirem uma turnê da Madonna. Em 1986, lançaram Lincensed to III, álbum de estreia que apresentou o hit Fight for your right (to party) e uma pegada MTV way of life que pescou a atenção do público jovem, colocando os garotos zoeiros no topo das paradas norte-americanas.A coisa começou a ficar séria mesmo no disco seguinte. Lançado em 1989, Paul’s Boutique não alcançou o sucesso comercial do álbum de estreia, mas representou a implosão de qualquer barreira para o som do Beastie Boys.

Com co-produção dos Dust Brothers, o trabalho exibiu uma nova estética musical em que tudo era possível. Mais de 100 músicas foram sampleadas neste projeto, onde camadas de som absolutamente diversas foram fundidas para criar uma sonoridade inventiva e cheia de energia.Check Your Head (1992), III Comunication (1994), Hello Nasty (1998) e To the 5 Boroughs (2002) são outros álbuns de destaque da banda que evoluiu não só em sua estética sonora mas também nas letras. Com o passar do tempo e o amadurecimento dos integrantes, a banda passou a adotar um discurso político mais afiado em suas composições.

Os Beastie Boys assumiram uma ferrenha oposição ao governo Bush, no início dos anos 2000, e à Guerra no Iraque, representada na música protesto In A World Gone Mad.  Adam Yauch, um dos líderes da banda também mantinha uma forte militância à favor da libertação do Tibet.

Com a morte de Adam Yauch, vitimado por um câncer, a banda encerrou suas atividades em 2012, mas o legado permanece vivo em alguns dos vídeos e músicas mais doidos que o hip hop já viu.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...