Beck prova que os derrotados serão exaltados

You´re not a loser, baby.

Foto: Reprodução; YouTube
Gostou? Compartilhe:

No início dos anos 1990, Beck ainda era um completo desconhecido da cena alternativa americana.

Sem teto definido, entre um emprego mal remunerado e outro, ele fazia pequenas apresentações e criava letras inusitadas para testar a atenção da plateia.

Isso tudo até surgir “Loser”, primeiro grande hit do artista, que o alçou dos cafés em Los Angeles para o Top 10 da Billboard norte-americana sem escala.

Para muitos, a letra representava a apatia da geração noventista. “I´m a Loser, baby, why don´t you kill me now?” (Eu sou um perdedor. Por que você não me mata agora?).

Mas o próprio Beck conta que o refrão surgiu por outro motivo. Enquanto criava a música, ele tentava emular o estilo do rapper Chuck D, do Public Enemy, e fracassava horrivelmente. Um total loser.

Não dava para prever que o estilo Beck iria fazer sucesso no mundo todo. Parece que o jogo virou não é mesmo?Tem muita gente na bad que precisa de ajuda para virar o jogo. Você pode ser voluntário no Centro de Valorização da Vida e dar apoio emocional para quem pedir. Clica no botão para saber mais.

CVV

O Centro de Valorização da Vida é uma associação civil que presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...