Brujeria canta tudo sobre a treta na fronteira mexicana

A grande ironia é que tem quem lucre com o desespero

Foto: Metal Injection
Gostou? Compartilhe:

O discurso de ódio cresce e ganha fôlego por aí. Nos Estados Unidos, o presidente Trump briga para construir um muro separando o seu país do México e ainda quer deixar a conta para os mexicanos.

Enquanto o muro não vem, já aumentou o número de mortos tentando atravessar a fronteira entre os dois países neste 2017. Será mesmo que a resposta mais civilizada para quem sonha com uma vida melhor é a morte?

A grande ironia é que muita gente lucra com o desespero. O Brujeria já cantou essa história. Em “La Migra”, faixa do álbum Raza Odiada, de 1995, a banda de death metal raivoso alerta sobre o comércio de vidas realizado pelos coyotes, homens que trabalham na fronteira, atravessando ilegalmente mexicanos desejosos do sonho americano.

O clipe pode parecer zoeira, mas a realidade é cruel. Muitos contratam o serviço e morrem tentando, outros conseguem, mas viram trabalhadores escravos, quem é pego pela polícia da imigração só escapa se tiver dinheiro para o suborno.Nos últimos anos, o Brasil tornou-se destino de imigrantes, muitos chegam fugindo da guerra, outros da pobreza e da miséria. Em vez de condená-los à prisão ou à morte, a Missão Paz acolhe essas pessoas. Saiba mais no botão.

Missão Paz

 Acolhe os migrantes, imigrantes e refugiados, entende suas histórias, respeita suas identidades e celebra a interculturalidade proporcionada pelo encontro entre as diversidades.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...