Garotos Podres homenageiam os grevistas mortos

O som sobre quando o exército matou trabalhadores

Foto: Imagem: divulgação
Gostou? Compartilhe:

Em 1988, três trabalhadores foram assassinados pelo exército durante uma greve em que batalhavam por seus direitos trabalhistas.

Carlos Augusto Barroso, Walmir Freitas Monteiro e William Fernandes Leite participavam de uma ocupação na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) quando foram baleados pelo exército, à época comandado pelo Governo José Sarney.

Além dos três mortos, estima-se em mais de cem os trabalhadores feridos durante a ação, no que ficou conhecido como o Massacre de Volta Redonda.

Em 1993, os Garotos Podres lançaram Aos fuzilados da CSN, uma música que homenageia os trabalhadores mortos e feridos durante mais um triste episódio da história nacional. Se liga nesse som:

Redes da Maré

A Redes da Maré atua para consolidar o desenvolvimento sustentável no maior conjunto de favelas no Rio de Janeiro, a Maré, a partir da articulação de pessoas e instituições comunitárias.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...