Green Day é Revolution Radio

O vídeo mais recente do Green Day é um hino contra o radicalismo. Assiste aí e ajude ativamente a combater as injustiças atuais.

Foto:
Gostou? Compartilhe:

Pra quem nasceu batizado com o nome de um dia que se fuma maconha o tempo todo, o Green Day amadureceu bastante. Como um adolescente rebelde que começa a perceber que as injustiças do colégio acontecem em uma escala bem maior na sociedade, o Green Day, agora adulto e maduro, resgata sua rebeldia juvenil apontando o dedo para o governo Trump.

Das angústias da adolescência dos três primeiros álbuns (o último desses, “Dookie”, responsável pela explosão da popularidade do Green Day), Billy Joe, Mike Dirnt e Tré Cool passaram a criticar a sociedade e suas manias (em “Insomniac”, “Nimrod” e “Warning”), meteram a boca no governo Bush (“American Idiot”) e, depois de uma crise de identidade (“21st Century Breakdown”), retomaram suas raízes punk rock com “Uno”, “Dos” e “Tré”.

Mais engajados que nunca, lançaram “Revolution Radio” no final do ano passado. Se ainda restavam dúvida sobre as letras, declarações recentes da banda deixam clara a intenção de alertar as pessoas aos crescentes problemas atuais, como atentados e mortes a tiro, guerra, crise econômica e conflitos raciais. E muitos deles se intensificaram nos EUA após a eleição de Donald Trump.

Assiste o clipe de “Revolution Radio“, a faixa-título do álbum, e depois veja como participar das ações da Anistia Internacional para a segurança pública, moradia e defesa dos direitos humanos.

Anistia Internacional

A Anistia Internacional é um movimento mundial de pessoas que fazem campanha internacionalmente a favor do reconhecimento dos direitos humanos para todas as pessoas.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...