Nervosa relembra a importância da memória

Música é um retrato atual da falta de atenção ao passado

foto da banda Nervosa
Foto: Luana, Prika e Fernanda, do Nervosa (foto Renan Facciolo/divulgação)
Gostou? Compartilhe:

por Sté Reis

“Never Forget, Never Repeat”, do Nervosa, é um single do álbum “Downfall of Mankind”, de 2018. E como o próprio título do álbum diz, hoje em dia não é difícil perceber que a humanidade está em pleno declínio. Quando a gente ouve um presidente dizer à mídia que tem notícias de desaparecidos na ditadura como provocação e recebe aplausos, é a mostra de que o ser humano perdeu total a empatia pelo outro.

Na letra da música, a paulistana Fernanda Lira grita sobre a importância de valorizar a História e a memória: “nunca esqueça para nunca repetir” é o mantra que deveríamos carregar para não repetir catástrofes na nossa geração. Uma faixa que não é difícil de ouvir pelo thrash metal carregado no peso e na garganta, mas por ser um retrato tão atual do que a sociedade brasileira está vivendo, à mercê da sua falta de memória política.

Apoie a Anistia Internacional e não se esqueça dos erros dos nossos antepassados.

Anistia Internacional

A Anistia Internacional é um movimento mundial de pessoas que fazem campanha internacionalmente a favor do reconhecimento dos direitos humanos para todas as pessoas.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...