O Inimigo manda a xenofobia pra longe

O “Sangue Nordestino” tem valor

Foto de divulgação da banda O Inimigo
Foto: O Inimigo (divulgação)
Gostou? Compartilhe:

por Sté Reis

Em 2017, a banda paulistana de punk hardcore O Inimigo se preparava para a primeira turnê no Nordeste do país. Eles gravaram, na época, um clipe no estúdio com a faixa “Sangue Nordestino” para falar das dificuldades e a luta do povo.

“Longe de sua terra e de tudo o que ama / Mais uma vez, deu o sangue nesse inferno”, é uma associação à migração em busca de oportunidades em grandes centros urbanos, a vida de um povo que levanta as estruturas que dão vida às capitais e são a principal base dos pólos comerciais no Brasil. Em troca, recebem declarações discriminatórias do governo.

Uma faixa para os dias atuais que busca recuperar o orgulho de um povo sofrido sim, mas realizador, de cultura rica e tão importante quanto qualquer região do Brasil. “Meu sangue nordestino, recuperar”, é o que repete o vocalista Wellington Marcelo. Assista ao clipe e aproveita para rebater críticas e preconceito em qualquer ambiente.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...