O melhor das Mercenárias na íntegra

Hoje a gente coloca “Cadê as Armas?” pra tocar

Foto: Imagem: divulgação
Gostou? Compartilhe:

As Mercenárias foram responsáveis por um disco fundamental na história do rock nacional.

Banda paulista composta exclusivamente por mulheres – rolou uma breve participação de Edgard Scandurra na primeira formação – as meninas dos Mercenárias ganharam notoriedade em um cenário dominado por homens.

O destaque vai para o álbum “Cadê as Armas?”, considerado pela Rolling Stone Brasil como o 5º melhor disco de punk rock da história do país.

Do álbum gravado por Rosália Munhoz, Ana Maria Machado, Sandra Coutinho e Lou saiu o clássico alternativo “Me perco”, regravado posteriormente por Ira! e Metá Metá, e diversas outras músicas que marcaram a cena nos anos 1980, como “Polícia” e “Inimigo”.

Depois de encerrar suas atividades em 1988, a banda retornou aos palcos com nova formação em 2005, agora com Sandra Coutinho comandando os vocais.

Hoje, a Revolution Radio coloca esse clássico do punk nacional pra tocar na íntegra, se liga só:Quer ver mais mulher mandando bem na música e na arte? Conheça o projeto Slam das Minas, que promove batalhas de poesias faladas entre mulheres. A história começou em Brasília, mas já tem braços em São Paulo e Rio de Janeiro, entre outras cidades.

Slam das Minas

O Slam das Minas foi criado e é produzido por mulheres, minas, lésbicas do Distrito Federal que sentiram a necessidade de um espaço seguro, acolhedor e paritário para suas apresentações.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...