The Clash contra o racismo policial

Acontecia na periferia de Londres, segue acontecendo no Brasil

Foto: Imagem: Bob Gruen
Gostou? Compartilhe:

Nos anos 1970, Brixton era um distrito de Londres que abrigava muitos descendentes de africanos e caribenhos, que frequentemente eram vítimas de abordagens racistas da polícia local, majoritariamente branca.

Baixista do Clash, Paul Simonon cresceu no distrito e retratou um pouco da revolta crescente da juventude do lugar com a falta de perspectivas e a perseguição policial em “The Guns of Brixton”, faixa de encerramento do icônico London Calling, álbum de 1979.

Na letra, Simonon é ameaçador: você pode nos esmagar, pode nos machucar, mas terá que responder às armas de Brixton.

Anos depois, uma revolta popular eclodiria pelas periferias inglesas. Ouve esse som:No Brasil, tem muito jovem periférico sendo esmagado pelo racismo policial, que mata. A campanha Jovem Negro Vivo quer mudar essa realidade. Clica no botão pra saber mais.

Jovem Negro Vivo

É a campanha da Anistia Internacional para mobilizar a população contra o assassinato da população jovem negra do Brasil. Você também pode participar.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...