Vocalista do KoRn ergue-se contra o bullying

Em “Faget”, Davis desabafa contra a babaquice

Foto: Foto: Alan Hess
Gostou? Compartilhe:

Quando ainda era somente um adolescente comum, Jonathan Davis foi muito perseguido na escola. Ele usava delineador e curtia Duran Duran, por esse motivo, apanhava pelos corredores e convivia com os gritos de faggot, o equivalente a “bicha” em português.

Anos depois, já adulto e vocalista do KoRn, Davis escreveu uma música para relatar a experiência traumática. Presente no álbum de estreia da banda, de 1994, “Faget” é um desabafo sincero contra os estereótipos e a babaquice preconceituosa que deixa marcas para sempre.A militância contra o bullying não ficou só na música. No início deste ano, Davis comandou uma campanha de venda de camisetas e moletons para ajudar aqueles que sofrem com bullying e têm pensamentos suicidas.

Por aqui, um importante trabalho de prevenção ao suicídio é realizado pelo Centro de Valorização da Vida – CVV, confira mais sobre o projeto no botão.

CVV

O Centro de Valorização da Vida é uma associação civil que presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar.

Gostou? Compartilhe:

Veja também...